existe sempre alguém ...passo e fico como o universo...
21
Set 07
publicado por alemvirtual, às 18:27link do post | comentar

Cheguei há pouco tempo a casa. Fui correr. Vinte minutos na relva fofa da Pista de Atletismo.

 

Sob um céu carregado de pesadas nuvens cinzentas, prenúncio de mais uma tarde de trovoadas, voltei a fazer algo de que gostava e ainda gosto: correr.

 

Pensei em ti, filha. Penso sempre, durante todo o dia. Correste comigo, no coração e no pensamento.

A tua estrelinha de cristal azul, que não mais deixou o meu pescoço, saltitava com o ritmo das passadas. Parecia pular, quiçá de alegria por poder correr...ou talvez de tristeza por nunca ter corrido com a sua princesa. Prefiro pensar que se agitava de alegria e que eras tu que comandavas a sua oscilação. Foi a forma encontrada para correreres comigo, comunicando que estás feliz .

Corri por ti e por mim. Corri só eu, mas também corri contigo.

A pista vazia dava-me uma sensação ainda maior de solidão. Estaria deslocada naquele ambiente, ou seria só eu a sentir-me estranha?

 

Sentimentos contraditórios estes. É um querer e um não querer querer. Ser feliz e afogar-me na mágoa que me invade o peito. Sonhar, recordar e não querer viver sem ti. Acordar e enfrentar a vida. Esta mesma vida que já não vives. Temos que reaprender e reaprenderemos a sorrir. Hoje, já dei um passo nessa direcção. Na direcção do rumo que tu traçaste para nós: Sermos sempre felizes.

Foram breves minutos, mas comecei a sonhar com uma prova... 


Bom dia Paula,
há sempre um recomeço à espera. Força para as corridas e para todos os recomeços.
Um beijinho
António
António Bento a 22 de Setembro de 2007 às 08:22

Olá Ana,

Fiquei feliz por tu voltares a correr, faz-te bem Paula. Continua, força... um dia destes vou treinar contigo.

Beijinhos,
Fermnando Sousa
Fernando Sousa a 24 de Setembro de 2007 às 15:03

mais sobre mim
Setembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
15

16
17
18
19
20
22

23
24
25
26
28
29

30


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO