existe sempre alguém ...passo e fico como o universo...
02
Mar 08
publicado por alemvirtual, às 22:09link do post

img452/8281/margotsentadapraaki2.jpg

 

Ontem, cheirava a mimosas e a narcisos em Constância. Um céu muito azul e um sol quente lembravam a antecipação da Primavera. Uma Primavera que já não chegaste a viver...e as Estações mudam e sucedem-se como se nada tivesse mudado e tu não tivesses partido. Para nós, doeu ter sentido o frio do Inverno e a humidade dos dias de chuva...as manhãs de geada nas margens do Tejo e o quente das tardes soalhaleiras. Esta brandura de dias que se sucedem a dias, insistem em trazer vulgaridade aos dias que nunca serão vulgares.

 

Os escuteiros cantavam alegremente..."Se crês em Deus". Moviam-se ao ritmo da música...dos acordes da viola, do órgão e dos estalidos dos dedos. A Igreja da Misericórdia - obra prima setecentista - de Constância, uma vez mais, acolheu na sua talha dourada a celebração em memória do teu nome...Ana Margaret Pinto Cotovio Dias Martins. Fazemos questão de colocar o teu nome completo no caderninho do sacerdote. Ele, como se adivinhasse o nosso desejo, nunca omite apelido algum. Com a sua voz trémula, de muitos anos de vida e de uma saúde frágil, esforça-se por dizer nome por nome...E toda os fiéis ouvem o teu nome: Ana Margaret Pinto Cotovio Dias Martins...6 meses.

Acho que todos os olhares convergiram para nós. Figuras tristes em contraste com a alegria das filas da frente onde inúmeros jovens de calção azul e camisa caqui, agitavam o lenço e cantavam em homenagem a uma jovem ausente. Ausente, não. Presente. Presente nos corações e na nossa memória.

 

A tua imagem rompeu o tempo e vi-te nas escadas do altar-mor, com o traje do coro, tocando flauta. Concertos de Natal perdidos no tempo...tocavas divinamente. Talvez seja o exagero do meu coração de mãe, mas acho que não. Recordo-me dos maestros e do carinho e da admiração que tinham por ti... piano (que pena nunca te ter chegado a comprar o de cauda que querias...), trompete, flauta transversal...dava quase tudo (ou será mesmo tudo?) para te ouvir de novo interpretar o Danúbio Azul...dizias-me: "Mãe, prefiro Sobre as Ondas". Eu, teimosa e exigente respondia-te: "Se queres tocar para mim, começa pelo Danúbio..."

Era a nossa valsa preferida. Imaginava-te sempre num vaporoso vestido branco, abraçada ao teu marido, num local qualquer, verde e ornado de ramos de flores campestres. Não cheguei a

realizar o meu sonho, mas continuo a imaginar-te...

Agora, o teu marido tem rosto. Um rosto que reflecte uma alma imensa e um amor infinito...por ti, pela minha princesa...continuo a imaginar-te...dentro em breve, comemorarias um ano de casada...e nós nunca chegámos a comemorar o teu matrimónio...o tempo, roubou-nos esse tempo...nem celebraste nenhum Natal, nem nenhum aniversário, nem...sempre o tempo...mas nesse breve tempo, viveste uma eternidade.

Agora, seis meses depois, continuas a viver na eternidade.

Na tua lápide, escrevemos "Até à eternidade a tua luz brilhará nas nossas vidas. Amamos-te"

 

Ontem, Constância aquecia à luz do sol do primeiro dia de Março. O Tejo espreguiçava-se e o Zêzere adormecia...E tua acima deles...

Levámos-te jarros brancos. Sob a luz intensa da manhã, pareciam ainda mais brancos. E os muros resplandeciam de brancura. E os mármores ainda mais alvos...Mas nada se compara à tua luz...até o sol perde o brilho quando se olha para ti. Anjo, deusa, menina ou santa...

Minha Rainha Margot...

Dia 1 de Março, sábado, 6 meses depois de um sábado...

Dia 9 de Março, numa sexta-feira, há um ano atrás...o dia do teu casamento...

Parabéns A(na) M(argaret).


De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim
Março 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
14
15

16
19
20
21
22

23
24
25
26
27
29

30
31


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO