existe sempre alguém ...passo e fico como o universo...
28
Mai 08
publicado por alemvirtual, às 20:29link do post | comentar

img507/7571/nve00029zj6.png

(fotografada em Constância, em frente ao Tejo, quase na confluência com o Zêzere, no Dia da Mãe de 2007)

Amanhã, será a terceira vez que solicito a "certeza" do eterno descanso da minha filha e o direito a revestir-lhe a sepultura com algo mais que a areia que a cobre.

Haverá quem não goste do "peso" do mármore. Por exemplo, a minha mãe, demorou quase 15 anos a aceitar o revestimento da campa do meu pai. Dizia ela que "peso em cima já ele tinha demais". Eu, prefiria ver o branco do mármore que a areia na campa da Margaret.


 

img292/641/constancia25abrileexposmc4.jpg
 


 

Exmº Senhor

Presidente da Câmara Municipal de Constância

Estrada Nacional, nº 3

2250 Constância




 

Assunto: ENVIO DE REQUERIMENTO DE CONCESSÃO DE SEPULTURA PERPÉTUA E DECLARAÇÃO


 


 

Junto envio a Vª Exª requerimento solicitando a concessão de sepultura perpétua, relativa à minha filha ANA MARGARETE PINTO COTOVIO DIAS MARTINS, cujo funeral se realizou a 1 de Setembro de 2007 (E9 do Cemitério de Constância).


 

Insisto e renovo este pedido que é apresentado pela terceira vez. Não obtive qualquer resposta por parte da Câmara Muncipal de Constância ao segundo pedido, ou seja, o enviado em 10 de Janeiro do presente ano.


 

Solicito ainda que me sejam facultados os dados passíveis de divulgaçaõ que justifiquem a manutenção da deliberação tomada por esse Executivo Camarário em reunião ordinária ocorrida em 16 de Setembro de 2005 constante da respectiva acta, cujo número é 24/2005 bem como os procedimentos adoptados e o ponto da situação em termos de levantamento cadastral e regularizações administrativas, uma vez que foram esses os motivos que justificaram essa deliberação.


 

Passo a transcrever o ponto da acta acima referida:


 

8.6 – CEMITÉRIO DE CONSTÂNCIA – SUSPENSÃO DE VENDA DE TERRENOS

DE COVAIS ----------------------------------------------------

A Câmara deliberou, por unanimidade, suspender a venda de

terrenos para supulturas no Cemitário Municipal de Constância,

até que seja executado um levantamento cadastral do mesmo e

sejam feitas as regularizações administrativas que se impõem

de covais ----------------------------------------------------


 

Caso não me seja permitido, de imediato, proceder à compra do terreno onde o corpo da minha filha repousa, solicito autorização para colocar um revestimento de mármore na sua sepultura. Esta é a última coisa que posso fazer pela Margarete e não pretendo desistir dela. Continuarei a insistir neste pedido, as vezes que forem necessárias, até conseguir uma resposta favorável. Tal como não desisti (nem ela) da luta pela vida (ainda que o cancro a tenha vencido) também não pretendo desistir da luta pelo seu descanso eterno, na localidade à qual sempre nos sentimos ligadas afectivamente e à qual chamamos “nossa terra”.


 

 

Na expectativa de uma resposta de Vª Exª que espero seja positiva, agradeço desde já toda a consideração que essa edilidade possa conceder a este pedido.


 


 

Com os melhores cumprimentos.


 

Ana Paula Soares Pinto


 

Entroncamento, 28 de Maio de 2008

img514/8269/constancia25abrileexposdk6.jpg 

DECLARAÇÃO
 


 

Ana Paula Soares Pinto, portadora do Bilhete de Identidade com o número 6289382, emitido pelo Arquivo de Identificação de Santarém, com o Número de Identificação Fiscal 164959041, residente na Rua Luís Falcão de Sommer, nº 35 – B, 2º Esquerdo, 2330-176 Entroncamento, de acordo com o ponto 3 do Artigo 37º do Regulamento do Cemitério Municipal de Constância, publicado em Diário da República (2ª série, nº 180) em 18 de Setembro de 2007, constante em Anexo ao Edital nº 768/2007, declara sobre compromisso de honra que nenhum outro elemento da família de Ana Margaret Pinto Cotovio Dias Martins inumada em 1 de Setembro de 2007 na sepultura identificada como E9 e em condições legais para efectuar o pedido de concessão de sepultura perpétua, o pretende fazer, enquanto se verificar o contexto actual de expectativa à resposta favorável dessa edilidade ao requerimento materno..


 

Pretende acrescer à presente declaração que a não apresentação de pedidos de igual teor (concessão de sepultura perpétua para a identificada como E9), até à presente data, por todos os indivíduos vivos com direito legal ao seu requerimento se prende unicamente com o cumprimento estipulado do diploma legal supra-citado e não reflecte sentimentos e emoções de âmbito estritamente pessoal e privado.


 

A Declarante,

 

____________________

(Ana Paula Soares Pinto)


 

Entroncamento, 28 de Maio de 2008


 


 

Exmº Senhor

Presidente da Câmara Municipal de Constância

Estrada Nacional, nº 3

2250 Constância
 

 


 

Requerimento



 

Ana Paula Soares Pinto, portadora do Bilhete de Identidade com o número 6289382, emitido pelo Arquivo de Identificação de Santarém, com o Número de Identificação Fiscal 164959041, residente na Rua Luís Falcão de Sommer, nº 35 – B, 2º Esquerdo, 2330-176 Entroncamento, vem requerer a Vª Exª, de acordo com os pontos 1 e 2 do Artigo 37º do Regulamento do Cemitério Municipal de Constância, publicado em Diário da República (2ª série, nº 180) em 18 de Setembro de 2007, constante em Anexo ao Edital nº 768/2007, a concessão de sepultura perpétua, identificada como E9, onde foi inumada a minha filha Ana Margaret Pinto Cotovio Dias Martins em 1 de Setembro de 2007.
 


 


 

Pede Deferimento,


 

A requerente,


 

____________________________

(Ana Paula Soares Pinto)


 

Entroncamento, 28 de Maio de 2008


 

 

 

 

 


pois e o tempo passa e ate que enfim foram justos para esta grande mae ...
fui ao cemiterio e quando xego ao pe da sepultura daquela que conheci sempre com um sorriso nos labios e uma simpatia tao grande vejo que ja tem estrelas a sua volta ..pena ser bonita para uma coisa que aconteceu e deixou tanta gente triste ...mas agora a estrelinha pode ter o seu lugar para descansar em paz..
ha mae uma mulher de coragem os "parabens"nao sei como me exprimir mas por nunca ter desistido de meter o branco na seplultura da sua menina ..muitos beijinhos
solange santos a 7 de Setembro de 2009 às 20:11

Foi preciso esperar dois anos...
Mas agora, por fim, deixo de ver a sepultura em areia. Para mim era importante. Talvez para ela não faça a mínima diferença, mas eu não gostaria de a deixar assim, apenas em areia. Ela merecia tudo. Não é nada de muito elaborado, é uma campa simples e branca, mas esconde uma grande alma. tal como ela em vida...
Agora, tens razão, é uma estrelinha...

(olha, lembro-me sempre de uma outra...e não é de agora)

um beijinho e felicidades para ti

obrigada
alemvirtual a 7 de Setembro de 2009 às 23:01

mais sobre mim
Maio 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
14
15
16
17

19
20
21
22
23
24

26
27
29
30
31


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO