existe sempre alguém ...passo e fico como o universo...
06
Mar 09
publicado por alemvirtual, às 18:34link do post | comentar

 

imagem de: http://admirado.files.wordpress.com/2006/11/amizade.jpg

 

Nirvana

 

Viver assim: sem ciúmes, sem saudades,
Sem amor, sem anseios, sem carinhos,
Livre de angústias e felicidades,
Deixando pelo chão rosas e espinhos;

Poder viver em todas as idades;
Poder andar por todos os caminhos;
Indiferente ao bem e às falsidades,
Confundindo chacais e passarinhos;

Passear pela terra, e achar tristonho
Tudo que em torno se vê, nela espalhado;
A vida olhar como através de um sonho;

Chegar onde eu cheguei, subir à altura
Onde agora me encontro - é ter chegado
Aos extremos da Paz e da Ventura!

Antero de Quental, in "Sonetos"

foto retirada de: http://arrozcomtodos.blogspot.com/

 

Esta é a confluência dos rios. Esta é a confluência das almas, da tua e da minh´ alma.

Neste abraço líquido se confunde o que fui e o que sou; o que foste e o que serás, eternamente.

Que és tu, agora? Estrelinha azul, ninfa destas águas.

 


Saudade

Saudade é solidão acompanhada,
é quando o amor ainda não foi embora,
mas o amado já...

Saudade é amar um passado que ainda não passou,
é recusar um presente que nos machuca,
é não ver o futuro que nos convida...

Saudade é sentir que existe o que não existe mais...

Saudade é o inferno dos que perderam,
é a dor dos que ficaram para trás,
é o gosto de morte na boca dos que continuam...

Só uma pessoa no mundo deseja sentir saudade:
aquela que nunca amou.

E esse é o maior dos sofrimentos:
não ter por quem sentir saudades,
passar pela vida e não viver.

O maior dos sofrimentos é nunca ter sofrido.

Pablo Neruda
lelapin2000 a 6 de Março de 2009 às 22:53

mais sobre mim
Março 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
13
14

15
17
18
19

22
23
24
26
27
28

29
30
31


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO