existe sempre alguém ...passo e fico como o universo...
03
Abr 11
publicado por alemvirtual, às 17:05link do post | comentar

A primeira palavra que me ocorre é "Parabéns". Parabéns à organização. Uma prova extremamente bem organizada; sinalização; apoio; abastecimentos; percursos bem escolhidos e enquadramento histórico-cultural que promove, efectivamente, a região e os concelhos envolvidos.

A segunda palavra que me ocorre para transmitir o que sinto é "Felicidade". Sim, estou feliz. Corri com amigos e revi muitos rostos que já não via há algum tempo. O tempo em que estive afastada deste mundo maravilhoso que é a corrida.

Falando em tempo, resta dizer fui a 10º mulher (classificaram-se 18), que gastei 2h e 54 minutos para completar os 21 Km da prova. Mas neste tempo, incluo as minhas paragens para cumprimentar, conversar e deliciar-me com os gomos sumarentos das laranjas e as tostas com doce de morango.

 

Uma manhã algo fria que se revelou ideal para a prática da corrida.

Sou apaixonada por trail. Nada se compara à comunhão com a natureza. Ao sentimento de evasão e liberdade quando se corre por trilhos campestres e se tomam de "assalto" hortas cultivadas; Saltam-se riachos, sobe-se e desce-se por locais que, de outro modo, nunca seriam explorados nem conhecidos.

 

Partida dada em Constância. Que outro local mais emblemático para mim?

Saio no final de todos. Atraso-me a falar com uma amiga, a Vice Presidente da Câmara de Constância que tinha ido assistir à partida (mais tarde terei oportunidade, no Entroncamento, de partilhar com ela a satisfação pela prova magnífica que o CLAC com a colaboração de várias entidades promoveu).

Vejo o pelotão afastado uma distância razoável. Acelero um pouco, ultrapasso-os e vou dar um beijinho à minha filha. É também por ela que as provas continuam a fazer sentido. Retorno ao percurso da vila e integro-me no pelotão. Volto a parar para conversar uns instantes com duas pessoas de família. Depois, inicio, de facto, a prova. Acompanha-me o meu amigo António, companheiro inseparável e meu apoio nas corridas. Sigo com ele e a Susan, mas aos 5 Km opto por os deixar e avanço. Durante alguns quilómetros corro sozinha. Depois, começo a ultrapassar. E volto a correr sozinha. Uma sensação deliciosa.

Junto-me a amigos que conheço dos meus tempos da Sobreda. Conversamos. Tiramos fotografias. Frente ao Castelo de Almourol, um pequeno grupo, trajado à época quinhentista, promove as Pomonas Camonianas (a realizar por alturas do dia 10 de Junho em Constância). Falo-lhes desta iniciativa; do Mercado Quinhentista; da ligação de Camões à vila; das Pomonas (divindades ligadas ao florescimento das flores e dos frutos); falo das Cantigas de Cantar Diferente; falo com carinho da terra por quem tenho um imenso carinho.

Volto a avançar sozinha. Cerca do quilómetro  14, quando me sentia dona do mundo por ter vencido uma imensa subida, vejo o António que tinha ido no meu encalço. Juntos continuámos o percurso e, não fosse eu ter quebrado um pouco o ritmo, poderíamos ter conseguido um tempo mais "aceitável". Porém, nem eu nem ele corremos pelo tempo. Corremos apenas por prazer e pela emoção da corrida. 

Adoro as partes mais técnicas. Subidas acentuadas, quase a pique, e descidas íngremes. Saltar os riachos e enlamear os pés no terreno encharcado.

Um percurso verde, romântico, fresco. Sentimos os rios por perto. Sentimos que corremos em páginas da nossa história. Sentimos que mergulhamos na Primavera; que fazemos parte deste ciclo maravilhoso que se renova cada ano. Não há morte, apenas transformação. O campo renova-se; revive. Inunda-se o ar de cheiros e chilreios. As giestas e as estevas estão floridas. As urzes - minha flor preferida - vestem-se de uma cor intensa. Intensa como a felicidade de quem é feliz com a simplicidade de uns passos de corrida.

 

 

Domingo, na Maratona de Paris, os meus colegas de Clube e amigos, Jorge Neto e António Pereira, irão correr em memória da Margaret. Pediram-me para usar a sua t-shirt. Lembraram-se do carinho que ela sentia por Paris... Obrigada, amigos. Levar o seu nome a Paris é levá-la a ela também...

 

Fica um beijinho especial também para o Luís Mota (Parabéns por mais uma prestação fantástica - 3º lugar da geral), ao António Almeida, Vitória e Isabel Almeida (vou esperar pelas fotos), ao Joaquim Adelino e ao Vítor Veloso.

Ao CLAC, sinceros parabéns. Fizeram um trabalho excepcional em prol do atletismo e da promoção dos concelhos, com especial relevo para o Entroncamento.

Para o ano, contem de novo comigo.

 

 

Foto "roubada" do Blog "Palavras de Corredor" do meu amigo António Almeida

As urzes... foto retirada do álbum 

https://picasaweb.google.com/J2Pees/Trilhos2011?authkey=Gv1sRgCNCdxseP_t-VOA&feat=email#


E eu corri ao deliciar-me com este bonito texto tendo como pano de fundo, uma região que eu amo.
Parabéns pela prova e pelo o excelente texto.

Abraço
Anónimo a 3 de Abril de 2011 às 21:22

Delicioso texto Ana, tal como a sua companhia no Entroncamento.
Foi para nós uma grande alegria saber que voltou às corridas e principalmente de estar na sua companhia.
Família Mota
luismotatomar a 4 de Abril de 2011 às 09:09

Olá Ana Paula
e este texto está ao nível da excelência dos trilhos do almourol, parabéns.
Bom que te temos de volta às corridas.
Fico feliz por saber de Paris.
Abraço e beijinhos da Isabel e da Vitória.
Teu amigo corredor
António Almeida
António Almeida a 4 de Abril de 2011 às 14:05

Parabéns a ti Paula!

És uma valente e uma Amiga

Para o ano, nós todos, quem sabe não estaremos aí ... quem me dera.

Olha, hoje falei de ti, aqui, no blogue da Elis, num comentário que lhe fiz, podes ver aqui:

http://elismc.blogspot.com/2011/04/entre-ceu-e-trilhas-21km-em-ribeirao.html?showComment=1301959672226#c4682736161738660384


Ela fez um trail de 21 km, e fez precisamente o mesmo tempo que tu. Achei curioso

Passa por lá

BEijinho e recupera
Ana Pereira a 5 de Abril de 2011 às 00:32

olá, ana!

viajei pelas suas palavras, e por alguns instantes senti também a brisa fresca da primavera e os pés encharcados...
parabéns por sua conquista, e pelo relato delicioso!
bjs
elis
http://elismc.blogspot.com
elis a 5 de Abril de 2011 às 11:57

Elis,

também eu corri por sítios lindos, para lá do oceano quando "entrei" no teu mundo da corrida.
Afinal, em qualquer local do mundo, o prazer da corrida existe e a emoção é a mesma. Com chuva, com sol, com vento, perto do castelo e dos rios ou num verde luxuriante do nosso querido Brasil.

Boas corridas. Vai dando notícias.
Tens o nome de uma artista que eu adorava (e adoro). Elis...
alemvirtual a 5 de Abril de 2011 às 21:23

Querida Ana Paula,
agradeço muito a tua hospilidade. Foi um fim-de-semana muito agradavel para mim e, sem ti, isso não teria sido possível. Obrigada pelo jantar maravilhoso, pela tua atenção e amizade. Beijinhos :-)
Ana G.
Ana G. a 5 de Abril de 2011 às 15:39

Ana, Anocas de sotaque engraçado :-))

Foi um prazer receber-te e um prazer ainda maior a tua companhia. Sempre que queiras e existam provas para estes lados, ou simplesmente quando quiseres conhecer a região, podes vir. Será um prazer e pode ser que ainda reste algumas gotas de Porto no fundo da garrafa:-)))

beijinhos
alemvirtual a 5 de Abril de 2011 às 21:25

Ana

Meses depois de Alqueva, voltaste a sentir o cheiro da Natureza em trilhos que te enlevam a alma e de que tanto gostas.

O teu texto diz tudo; o teu sentir, o pulsar da Primavera e das Pamonas Camonianos sobre o "olhar" embebecido da moura encantada que do alto das ameias do Castelo vos contemplava.

Não te vi porque a "luta" para chegar ao fim já tinha ultrapassado o grau de discernimento e as giestas teriam que aguardar uma próxima oportunidade.

Quem sabe se para o ano não serei mais um a partir de Constância.

Tudo de bom.
mariolima52 a 7 de Abril de 2011 às 14:44

Olá Ana,
Que bom reverte mesmo por pouco tempo, mas o dever chamava-me!!!
Estiveste bem no regresso as corridas Trail, parabéns, agora e continuar.
Bela Homenagem na maratona de Paris, que na cidade Luz se faça Luz.
ate Constância
Grande bjs
Vítor
Vitor Veloso a 8 de Abril de 2011 às 22:41

mais sobre mim
Abril 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15
16

17
18
19
21
22
23

25
27
28
29
30


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO