existe sempre alguém ...passo e fico como o universo...
24
Abr 11
publicado por alemvirtual, às 16:41link do post | comentar

A vida podia ser um deserto inóspito, marcado pelo tempo e tempo marcado por horas não fossem os sonhos, os rituais e os símbolos. Por isso, os sonhos impulsionam-nos para a própria vida, a vida toma a cor dos sonhos e as "marcas" gravam momentos que ficam, mesmo depois de terem passado. Nada é mais permanente que as recordações que habitam em nós.

Há pessoas que existem além da vida. Não morrem. Vivem do amor e esse amor dá-lhes vida no coração de quem sente.

Eu continuo a amar. 

Tu continuas a viver.

E juntas continuamos a sonhar ao compasso do tempo que se escoa. Neste tempo que podia ser solitário, mas que vejo marcado por gestos solidários.

(em 2010)

O Grande prémio da Páscoa de Constância é uma prova que deixou de ser apenas uma prova; mais uma. É diferente desde há três anos. Sendo a mesma, passou a ser um ritual, a ter símbolos e a perpetuar memórias.

Ontem, o meu pequeno mundo foi partilhado por outros mundos. Obrigada aos corações que sentiram e aos passos que venceram distâncias, em nome da Margaret.

Gostaria de nomear todos aqueles que se associam à intenção de correr em nome da minha filha, mas não posso. Faltaria sempre alguém. Em Constância ou em outras provas, com ou sem a t-shirt com o seu rosto, sei que muitos o fizeram. A todos, muito agradeço. Em cada ano, e até que possa, no sábado de Aleluia os passos que der serão em memória de uma jovem e em homenagem a todos os jovens que travam batalhas contra o cancro. São lutas desiguais que importa vencer pela coragem, pela determinação e pela fé. Mesmo quando a batalha final se perde, a vencedora será a vida e os testemunho de luta que outros continuarão. Para mim, filha, sempre foste e serás uma vencedora. A morte venceu à traição, mas tu olhaste a vida de frente. Por isso, o teu testemunho não pode ser ocultado, nem esquecido, porque (quem sabe) para quantos o teu sorriso poderá ser aliado...

 

O mundo da corrida tinha em ti uma admiradora. Com o teu exemplo de vida, ganhaste tu a admiração da corrida. De todas as corridas que se travam com tantos passos.

No eco das sapatilhas, no ritmo dos vencedores, nas metas que se alcançam há provas que se insistem em não perder. 

E na certeza de que existem Estrelinhas Azuis que iluminam caminhos, se corre à beira Zêzere...

 

Obrigada.

 

 Fotos do pai da Ana Pereira (550 no site da AMMA)


 

 

 

 

 


Paula

Farei sempre questão de te acompanhar "nessa corrida"

Um grande beijo

Ana

nota: por mail mandei-te algumas fotos, agorinha mesmo
Ana Pereira a 24 de Abril de 2011 às 20:46

Correu tudo bem?pela crónica parece que sim.Ontem através da RTP vi algumas imagens da vila inclusive a linha de partida da corrida.Lembrei-me di si por quem estva a correr,certamente que esteja ela onde estiver ficou muito orgulhosa .

Abraço.
manuel marques a 24 de Abril de 2011 às 20:52

Ana

Mais uma prova em Constância onde a memória da tua filha continua presente e a ela (e muitos amigos nossos) consagras sempre esta tua corrida.

Pouco mais há a dizer do que foi um prazer ter estado contigo, com todos os amigos, no convívio que tivemos na Ti Coimbra.

Obrigado pelo facto de termos tido, através de ti, aquelas lembranças da Câmara e até uma próxima corrida.

Tudo de bom.

mario lima a 26 de Abril de 2011 às 18:50

Mário,

eu é que agradeço a vossa presença e solidariedade. Aos que conheço e sei o nome, aos que conheço mas não me recordo do nome e aos que não conheço.

Todos os anos, lá estarei para correr em sua homenagem.
alemvirtual a 26 de Abril de 2011 às 20:22

mais sobre mim
Abril 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15
16

17
18
19
21
22
23

25
27
28
29
30


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO