existe sempre alguém ...passo e fico como o universo...
17
Ago 11
publicado por alemvirtual, às 22:29link do post | comentar

47 minutos!

Depois de quase quinze dias sem correr, o treino de hoje foi duro. É certo que, durante estes últimos dias, fiz algumas caminhadas. Subidas acentuadas, descidas abruptas, quilómetros sob um sol quente. Mas caminhar não é a mesma coisa, se bem que os músculos se tenham ressentido e acusado o esforço. O objectivo também não era treinar. Era apenas descobrir, desfrutar, viver intensamente a paisagem que se oferecia diante dos olhos. Senti-la. E sentia. Como a senti! Imensa. Deslumbrante. Contrastante. Ora verde e fresca. Ora seca e árida. Em comum, o azul do céu confundindo-se com o azul do mar.

Subi acima das nuvens. Vi-as surgir do nada. Subiam do mar. Ganhavam forma trepando a montanha. Envolviam-na e corriam na outra vertente, encosta abaixo. Engrossavam tornando a luz do dia difusa, como um banco de nevoeiro. Uns metros à frente, os raios de sol. Atrás, num cume próximo o calor constante, mas aqui, neste ponto rasgado do maciço, o ar arrefecia rapidamente; a vegetação brilhava em pérolas de água; e o vento irado levantava-se em rajadas, talvez em protesto contra os assaltantes que aqui se aventuravam.

 

Desci em direcção ao mar. Serpenteando as montanhas em voltas rápidas como abraços dados de fugida.

Voltei a subir. De repente, a paisagem muda. De verde luxuriante transforma-se em tons ocres, cinzas e negros. A rocha escarpada ostenta as diferentes camadas de rocha e sedimentos, ilustrando o seu processo de formação. A grandeza das escarpas acentua a pequenez e a fragilidade da pessoa. Imponentes erguem-se sobranceiras ao mar. Abismos profundos que estonteiam o olhar. E eu ali, olhando, absorvendo a limpidez do meio, a pureza do ar, o silêncio envolvente.

...

Caminhei...

 

Hoje corri. Amanhã voltarei (certamente) a correr. Trago em mim um pouco daquela magia. Momentos mágicos que se revivem correndo...



Olá;

É muito bom fazer uma paragem de alguns dias. Afinal, como diz um amigo meu, o melhor que podemos fazer nos treinos é sabermos recuperar nos momentos de descanso.

Os treinos são isso mesmo, são treinos e se forem bem aproveitados, sem grande desgaste, leva-nos a bons resultados nas provas.

Um abraço e continue a disfrutar dessas paisagens e desses momentos bons.

Xavier's...que já terminaram as férias!!
José Xavier a 18 de Agosto de 2011 às 11:49

mais sobre mim
Agosto 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
18
19

21
22
23
24
25
26
27

28
29


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO