existe sempre alguém ...passo e fico como o universo...
13
Mar 08
publicado por alemvirtual, às 23:46link do post

" Minha laranja amarga e doce
meu poema
feito de gomos de saudade
minha pena
pesada e leve
secreta e pura
minha passagem para o breve breve
instante da loucura" 

 

 (Cavalo à solta- Ary dos Santos)

 

Ouço muitas vezes esta canção. Um poema belíssimo que espelha aquilo que, muitas vezes, é a vida e as pessoas da nossa vida. Amargas e doces.

 

 

 

 

 

Muitas vezes, nada mais resta que o travo amargo da saudade. Saudade do que perdemos. Saudade de quem perdemos. E, também,  saudade daquilo que nunca tivemos, apenas julgávamos ter.

 

 

É amarga a ilusão dos sonhos caídos por terra, escorrendo entre os dedos como a areia seca da praia. Cerra-se o punho. Protegem-se os grãos. Ainda assim, eles caem, um a um. Nada mais fica. Nem um. Apenas uma mão vazia.

Há quem tenha as mãos vazias.

Há quem não saiba sequer abrir as mãos.

E houve quem quisesse repartir a abundância dos grãos.

 

 

 

foto retirada de http://abbapai.files.wordpress.com/2007/08/nas-maos-do-senhor-copia.jpg

 

13 de Março de 2007. 13 de Março de 2008. Decorreu um ano, uma vida, uma eternidade.

 

Eu lembro-me. Recordo-me de tudo. Momento a momento. Por isso, recordar é ainda mais amargo. Mas tu és, cada vez mais, uma recordação doce.


 


De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim
Março 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
14
15

16
19
20
21
22

23
24
25
26
27
29

30
31


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO