existe sempre alguém ...passo e fico como o universo...
07
Fev 07
publicado por alemvirtual, às 14:05link do post

 

Há uma semana que tinha recomeçado os treinos. Treinos leves na relva. A lesão contraída, talvez por demasiado esforço físico, ao longo do mês de Dezembro e início de Janeiro, estava melhor. Quase não doía e a vontade de recomeçar era imensa...

“Devagar que tenho pressa”, costumava-me dizer a minha mãe, quando eu era pequenita. Tinha razão. Tive pressa e não aguardei o tempo suficiente para recuperar totalmente. Agora, embora tenha tido muito cuidado e seguido à risca as orientações que me foram transmitidas, piorei. A dor voltou...terrível esta dor. Tento disfarçar aos olhos dos outros, mas é inevitável que coxeie. Rendo-me à evidência: não estou em condições de correr. A fim de não retardar mais o recomeço dos treinos de forma sistemática, tenho de renunciar à tentação.

 

No dia seguinte, à corrida de S. Silvestre, fiz treino Fartlek-. Passado mais um dia, e uma vez que a Pista de Atletismo já tinha reaberto, fiz séries: 10 séries de 150m porque já não aguentava distâncias maiores. Não o deveria ter feito…mesmo aquelas curtas distâncias, pois a dor já se tinha instalado, mas insisti. Terminei quase a chorar de dor e de raiva por me estar a acontecer aquilo.

Eu, que pretendia aumentar a minha velocidade, obtive apenas como “recompensa” a inactividade. Era uma corredora lenta. O meu melhor tempo, em provas de 10 Km, foi de 52 minutos. Queria melhorar. Arrastava-me (achava eu) como uma lesma. Apesar de ser leve, essa leveza não parecia ser transmitida para a corrida nem implicava um aumento de velocidade. Tinha (e tenho) muito pouco tempo de treinos regulares. Era urgente inverter a situação. Compensar a ausência total de prática desportiva, em décadas de existência, com um investimento cada vez maior. Mas não se podem queimar etapas nem praticar loucuras. Cada um tem o seu ritmo e eu tinha o meu. Incluindo o meu próprio ritmo de capacidade de recuperação do esforço. É preciso fazer uma pausa. Fazer um descanso activo (como me dizem), com exercícios adequados, para não perder totalmente, o pouco, já conseguido.

Há avanços e recuos, Ganhos e perdas….é assim em todas as situações da vida e também no mundo da corrida.

A.P.


De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim
Fevereiro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

13
14
15
16
17

18
19
20
24

25
27
28


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO