existe sempre alguém ...passo e fico como o universo...
25
Mar 09
publicado por alemvirtual, às 08:54link do post | comentar

...ou correr por uma causa

 

A corrida, ou melhor, o prazer da corrida mobiliza multidões.

Corre-se apenas porque sim, corre-se  porque há motivos que nos impelem, corre-se também porque há causas que nos unem. Causas mais ou menos próximas, mais ou menos abrangentes, de carácter solidário e social; causas que apoiam e/ou sensibilizam para esta ou aquela problemática...não vale a pena enumerá-las, são de todos, sobejamente conhecidas. Eu também já corri por muitas causas. A que mais me sensibiliza é a Corrida Terry Fox porque revejo nesse jovem o exemplo vivido pela minha filha. Ambos foram vencidos pela doença, mas ficou a sua coragem e determinação.

 

Constância será brevemente, e  uma vez mais, a anfitriã de uma corrida emblemática. Correr junto aos braços verdes do Zêzere e do Tejo, passear pelas sinuosas ruas floridas, contemplar as arcadas e descobrir recantos, saborear as famosas migas carvoeiras, ou prolongar a estadia e participar nas Festas do Concelho (nas quais a prova de atletismo está integrada) e de Nossa Senhora da Boa Viagem, em que, invocando a protecção de Nª Senhora,  se abençoam embarcações e viaturas,  são sem dúvida atractivos suficientes para visitar a Vila-Poema, por alturas da Páscoa.

 

O ano passado não corri em Constância. Não tive coragem. Tinha corrido há dois anos. Este ano penso correr. Pensei também levar a efeito algo que já tinha pensado no outro ano...

 

Correr com a mesma t-shirt com que fiz a minha primeira Meia Maratona em memória da minha filha. Correr lembrando a Margaret em Constância tem um duplo significado: homenagear a sua coragem e a sua luta na luta contra o cancro e recordá-la a quem vir o seu rosto. Recordar ainda que esse rosto tão belo e suave está sob sete palmos de terra, lá no alto, junto à Igreja Matriz, num "amontoado" de areia à espera de sepultura mais digna.

 

Porque tarda tanto um pedido tão simples?

 

No Grande Prémio de Constância vou correr pela Margaret.

 

Haverá mais alguém?

 

 img219/4248/dscn1644ln4.jpg

 img129/6539/dscn1655ld1.jpg

(na Meia de Lisboa)


António Nascimento,
Em Constância irei correr por Margaret.
Amigos do Parque da Paz - Almada
António Nascimento a 4 de Abril de 2009 às 20:16

Obrigada António e aos Amigos do Parque da Paz

Foi precisamente no Parque da Paz que a Margaret esteve pouco antes de falecer. Foi desse parque que lhe falei, quando ela me pediu para lhe falar de coisas belas que a acalmassem...
Bem hajam

Paula
alemvirtual a 4 de Abril de 2009 às 21:44

Em Constância irei correr por Margaret.
Amigos do Parque da Paz
António Nascimento a 5 de Abril de 2009 às 19:49

Ana Paula,
As palavras abaixo transcritas foram colocadas no site dos Amigos do Parque da Paz após a prova de hoje realizada em Constância:
Corre-se por desporto
Corre-se por amizade.
Corre-se por solidariedade.
Corre-se para dar força a quem necessita.
Corremos colocando o resultado em segundo plano.
A nossa amizade, a nossa solidariedade vai para a mãe da Margaret para que tenha a coragem de voltar no próximo ano a correr em Constância.
Tudo isto foi selado com 2 beijos por mim entregues em nome dos Amigos do Parque da Paz tendo por testemunho o rio e o local onde a Margaret repousa.
Nós vivemos destas vitórias.
Força mãe coragem e o nosso obrigado pelo reconhecimento do pouco que fizemos.
António Nascimento
Nascimento a 11 de Abril de 2009 às 17:34

mais sobre mim
Março 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
13
14

15
17
18
19

22
23
24
26
27
28

29
30
31


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO