existe sempre alguém ...passo e fico como o universo...
03
Jun 13
publicado por alemvirtual, às 23:45link do post

Começando pelo fim...

 

Organização - Excelente

Condições e infraestruturas - Excelentes

Colaboradores e Apoios - Excelentes

Abastecimentos - Excelentes

Sinalização e Segurança - Excelentes

Percursos, trilhos e single track´s - Excelentes

Almoço e confraternização - 5 Estrelas!

 

Enfim...tudo excelente, ou não tivesse o Grupo Cicloturismo Barquinhense a sua marca neste evento!

 

Para os dois percursos de 25 e 50 Km contou-se com cerca de 160 atletas. Manhã de sol atrevido, num céu limpo e de azul intenso, antevendo-se, desde cedo, o "braseiro" que seria a tarde... Nada que assustasse os participantes e que a fesquidão de muitos trilhos atenuou. Entre madressilvas floridas, alecrim e poejo, subiu-se, desceu-se e rolou-se descontraidamente; poder-se-ia apelidar este passeio de "Rota dos Aromas".

Quanto a mim, que pouca experiência tenho nas "pedaladas" não hesito em o eleger como um dos passeios mais agradáveis para pedalar e desfrutar da traquilidade e beleza que a Mãe Natureza oferece; recomenda-se a todos, iniciantes e "pedais de fundo".

Os locais selecionados são soberbos em termos paisagísticos (nomeadamente a Quinta do Marquês, os campos de aveia e malmequeres, ou as manchas de pinhal bravo, exalando aquele aroma a resina e caruma, que as temperaturas de verão intensificam) e os trilhos mais técnicos são equilibrados. Descobre-se ainda uma vida animal diversa, que se surpreende num voo fugitivo, ou numa corrida desenfreada até ao abrigo mais próximo; E aquela que não se vê, ouve-se e tenta-se adivinhar...

Sem dúvida, este foi um evento que aliou de forma sublime o Desporto e a integração na Natureza.

 

Há muito tempo que não partilho sentimentos e emoções despertados em eventos desportivos. Não que os esqueça tão facilmente que impeça  o seu registo. Não que...Não. Apenas ando a "correr" por outros motivos. Como todos. Ou pelo menos, como alguns. Aqueles que teimam em manter-se vivos porque a "inatividade pertence ao túmulos"; ainda que escapem desabafos do género "estou de rastos". Melhor, "Estou a deixar rastos", marcas e  memórias que, um dia dirão por mim, "Sim. Ela esteve aqui".

 

 

 

 


De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim
Junho 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO